De Sintra com amor

Foi numa tarde de Fevereiro que demos um passeio até Sintra, mais concretamente ao Palácio de Monserrate. Já andávamos a falar sobre este passeio a algum tempo. E que tal para comemorar o amor? Pareceu-nos a desculpa perfeita.

IMG_3081 (2)

Chegámos à vila era meio-dia, levámos farnel e comemos por lá. Uma merenda rápida foi o que nos bastou para começar o passeio até Monserrate.

IMG_3099 (2)

Não era um dia espectacular com sol e calor, estava encoberto e ameaçava chuva. Pensávamos nós quando saímos de casa e quando chegámos a Sintra. O dia acabou por ficar maravilhoso, com sol e céu azul.

Rapidamente começámos a explorar o exterior que é repleto de lindos jardins e de cascatas que nos fazem pensar de que vale mesmo a pena a visita.

IMG_3105 (2)1.jpg

“A quatro quilómetros do centro histórico de Sintra, situam-se o Palácio e o Parque de Monserrate, testemunhos ímpares dos ecletismos do século XIX, onde os motivos exóticos e vegetalistas da decoração interior se prolongam harmoniosamente no exterior.(…) A Quinta de Monserrate foi arrendada por Gerard de Visme (1789), rico comerciante inglês, que aí construiu uma casa em estilo neogótico. William Beckford subarrendou Monserrate em 1793-1794 mas, em 1809, quando Lord Byron visita a propriedade, a casa já estava em ruínas. O aspeto sublime da propriedade foi fonte de inspiração para o poeta, que cantou Monserrate na sua obra Childe Harold’s Pilgrimage, após o que a quinta se tornou num local de visita obrigatória de viajantes estrangeiros, sobretudo ingleses, que o descreveram em inúmeros relatos de viagens e o ilustraram em gravuras.” (texto retirado de Parques de Sintra)

IMG_3115 (2)2.jpg

Ao chegarmos ao Palácio, a primeira impressão foi qualquer coisa do outro mundo. Ela já sabia ao que ia, pelas diversas fotos que tinha andado a cuscar; ele pouco sabia deste palácio, para além de que tinha um telhado engraçado e uma forma circular.

IMG_3128 (2)

Apreciámos um pouco o exterior do palácio e seguimos para o seu interior. É enorme, não tem a dimensão de um Palácio da Pena mas para uma casinha de férias de uma família de ingleses não estava nada mal.

IMG_3135 (2)

O actual Palácio de Monserrate foi construído em 1856, sob projecto do arquitecto inglês James Knowles, para residência de verão da família Cook, tendo como base as ruínas da antiga mansão neogótica do século XVIII.

IMG_3134 (2)

IMG_3260 (2)

Em 1949, o Estado Português adquire o Parque e a Tapada, num total de 143 hectares.

3.jpgIMG_3163 (2)

IMG_3167 (2)

O que dizer perante este interior de cortar a respiração?

As galerias são talvez a parte mais fotogénica do Palácio. Fazem a ligação entre as três torres e a sucessão de arcos e colunas acentua o efeito de longevidade e profundidade.

IMG_3171 (2)

IMG_3180 (2)

IMG_3251 (2)

E as cúpulas e os tectos adornados?

Esta última é a cúpula do átrio principal, feita com uma estrutura em madeira e decorada com estuques.

IMG_3172 (2)Sala de Bilhar

IMG_3185 (2)Sala de Música

IMG_3203 (2)

IMG_3207 (2)IMG_3213 (2)Biblioteca

E as suas salas exuberantes e exóticas?

Cada sala tem uma história, uma ambiência, um carácter diferente. Perdemo-nos naquelas salas e sonhámos alto (muito alto até).

IMG_3222 (2)

IMG_3220 (2)

E a cozinha?

A cozinha estava num estado de degradação absoluto. O que aqui vemos foi uma excelente recriação da época. Para se aceder à cozinha, era preciso descer uma escadaria muito estreita. (Imagino com travessas a ferver …!)

IMG_3239 (2)

IMG_3252 (2)

E os quartos?

Com vistas incríveis sobre a Serra. Pequenos mas muito confortáveis.

IMG_3333 (2)

Depois de vermos o interior, fomos explorar os jardins que rodeiam o palácio (ainda havia muito para ver) e aproveitar as tréguas da chuva que tinham ameaçado o nosso o dia.

IMG_3323 (2)

Terminámos no jardim principal. O relvado é um sonho e convida a dormir uma bela sesta. Não houve sesta mas deu para relaxar um pouco e apreciar a tranquilidade do local e o sol de inverno que decidiu aparecer.

IMG_3349 (2)4.jpg

Seguimos viagem até à vila. Estivemos muito pouco tempo por lá. Sentámo-nos ao pé do Palácio Nacional de Sintra e ficámos a conversar, até o frio se apoderar de nós.

IMG_3399 (2)

Já nos fazia falta um passeio assim. Foi tão agradável a tarde. Ficará para uma próxima visita à vila, conhecer outro monumento, outro lugar com história. Qual será o próximo?

IMG_3420 (2)

5

IMG_3421 (2)

Humm … Castelo dos Mouros?

Até ao próximo post,

Sofia e Sérgio

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s