Pela Serra da Arrábida

– “E Setúbal? ‘Bora?”

A nossa escapadinha de fim-de-semana passou por Setúbal e pela “sua” Arrábida – uma cidade que ainda não conhecíamos e que nos despertava uma curiosidade especial.

Desde uma vez que fomos aos Galapinhos, que ficámos com o desejo de voltar à Arrábida e fazer uma passeio pela cidade e pela serra. Chegámos bem cedo. A ideia era dar um passeio pela cidade durante a manhã, almoçar pela praia e explorar a Serra no período da tarde. Cumprimos e ainda acrescentámos alguns pontos de interesse, sempre nas calmas e sem pressas.

IMG_5550 (2)

IMG_5545 (2)

// 1º Paragem – Cidade de Setúbal

O primeiro ponto de paragem foi o Mercado do Livramento, que já estava nos planos da Sofia, tal não é a adoração por mercados. Ideal para quem quiser comprar um peixinho fresquinho, fruta fresca e uns doces regionais. Ficámos pelos doces, para a engorda da manhã – uns pastéis típicos da região, um de Moscatel e outro de laranja.

IMG_5560 (2)

IMG_5559 (2)1IMG_5558 (2)

Há certamente mais para conhecer na cidade, mas acabámos por fazer uma visita rápida de carro e um pequeno passeio junto ao rio com direito a pastéis (os tais).

IMG_5574 (2)

IMG_5569 (2)

IMG_5572 (3)

// 2º Paragem – Fortaleza de São Filipe

O próximo ponto de paragem foi a Fortaleza de São Filipe. O acesso é relativamente fácil, basta usarem um GPS, mas existem também algumas indicações para lá chegarem. As vistas sobre a cidade e o Sado, o estuário e as praias de Tróia são o que de melhor se pode encontrar neste lugar.

IMG_5587 (2)

IMG_5603 (2)

Remontando da época da dinastia Filipina, a sua importância é demonstrada pelo facto de que o próprio soberano D. Filipe I assistiu pessoalmente, em 1582, à colocação da pedra fundamental da nova fortificação, com traça do arquitecto e engenheiro militar italiano Filippo Terzi

IMG_5589 (2)

IMG_5590 (2)2

Visitem também a Capela do Forte, que é integralmente revestida a azulejo branco e azul.

IMG_5632 (2)

IMG_5634 (2)

// Como chegar?

Estrada Do Castelo De São Filipe 2900-300 Setúbal ou cliquem aqui

 

// 3º Paragem – Praia de Albarquel

Praia de Albarquel fica pertinho de Setúbal, a mais ou menos meio quilómetro de distância da cidade.

IMG_5638 (2)

Não foi uma praia escolhida para ir a banhos, nem de sol nem de mar, mas sim porque indicava ter um restaurante e a fome já apertava.

IMG_5648 (2)

– “Qual a ementa do dia? Ir a Setúbal sem comer choco frito? Nem morta!” – e assim foi, a Sofia encheu a barriga de fritos e gorduras, enquanto o Sérgio de um robalo grelhado com salada.

IMG_5658 (2)3

// Como chegar?

38°30’39.3″N 8°54’55.8″W ou cliquem aqui

 

// 4º Paragem – Palácio da Comenda

“Em outubro de 1962, em plena crise dos mísseis cubanos, as mulheres dos políticos e generais norte-americanos foram aconselhadas a deixar temporariamente os maridos. Quase todas concordaram — era mais seguro assim. Só houve uma esposa que se recusou: Jacqueline Kennedy. (…) Foi uma mulher frágil e de luto que chegou ao Palácio da Comenda, na Serra da Arrábida, em Setúbal, logo após o assassinato do marido, em 1963. Jacqueline Kennedy veio para Portugal com os dois filhos pequenos, Caroline e John, a convite dos condes D’Armand — ao que parece, os franceses eram muito amigos dos Kennedy.” (Texto retirado de NIT)

IMG_5665 (2)

IMG_5704 (2)

Esta modesta casinha junto (colada) às águas turquesa da Arrábida está abandonada desde 2009. Procura um dono e se tiverem uns insignificantes 45 milhões de euros na vossa conta porque não? 

IMG_5683 (2)

IMG_5667 (2)

O Palacete tem acesso pelo parque das merendas ou então pelo portão principal. Atenção: estão a entrar em propriedade privada! (Mas vale a pena ir e são inúmeras as pessoas que lá vão sonhar.)

IMG_5687 (2)

IMG_5685 (2)

// Como chegar?

38.507196, -8.924974 ou aqui

 

// 5º Paragem – 7º Bataria

A Sétima Bataria do Regimento de Artilharia de Costa de Outão, situada em plena Serra da Arrábida era uma unidade de defesa do exército português. Cessou a sua actividade em 1998 e agora está ao abandono. Oferece uma soberba vista sobre o Atlântico, talvez uma das melhores da zona.

IMG_5720 (2)

IMG_5706 (2)

IMG_5714 (2)

IMG_5707 (2)

Haviam muitas pessoas curiosas no sítio. A destruição e o abandono são evidentes, mas a vista por vezes apaga tudo. E depois, descendo um pouco a estrada, encontramos os famosos canhões. Monstros gigantes adormecidos, que observam a costa, mas que outrora tiravam vidas.

IMG_5725 (2)

IMG_5737 (2)

// Como chegar?

38.490932, -8.937248 ou aqui

 

// 6º Paragem – Portinho da Arrábida

O nome da Serra – Arrábida -, onde pontificam espécies únicas e dotada de temperaturas moderadas, provém do árabe e significa “local de oração”.

IMG_5803 (2)

O Portinho da Arrábida é um verdadeiro paraíso à beira-mar plantado. Localiza-se a 14 quilómetros de Setúbal e a sua baía foi declarada como uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal, na categoria de Praia e Falésias.

IMG_5806 (2)

As suas águas são límpidas, transparentes (gelam ossos) e completamente irresistíveis. Ora pois bem, tínhamos um aniversário nesse dia, não era suposto dar um mergulho, mas fomos obrigados. O calor era imenso e não resistimos à tentação. (sim, fomos para um jantar com cabelo salgado e areia nos pés)

IMG_5896 (2)

// Como chegar?

38°28’37.1″N 8°59’01.9″W ou aqui

 

// 7º Paragem – Lapa de Santa Margarida

Se nos dissessem que isto existia, nós não íamos acreditar. Uma capela numa gruta? Atenção que não se trata de uma gruta convertida numa capela. Falamos de uma capela alojada numa gruta.

IMG_5909 (2)

A imagem de Santa Margarida esteve inicialmente nesta capela, e daí o seu nome. Devido ao vandalismo, está agora guardada no Convento dos Capuchos.

IMG_5915 (2)

Tem-se acesso à lapa por um caminho estreito, com mais de 200 degraus que desce a encosta até ao nível do mar, numa altitude de aproximadamente 50 metros. Recordamos que depois terão que os subir. Respirem fundo porque a subida vai ser longa.

IMG_5904 (2)

// Como chegar?

Para se chegar à gruta terão que percorrer o caminho que inicia no ponto 38°28’15.2″N 8°59’16.5″W (estrada de asfalto). Descem um pouco esta estrada e vão encontrar uma escadaria estreita, tapada com vegetação. Será uma longa descida, cerca de 10 minutos. No fim encontrarão um pequeno terraço, que anuncia a pequena escadaria de acesso à gruta – 38°28’12.1″N 8°59’13.1″W.

 

Até ao próximo post,

Sofia & Sérgio

 

Anúncios

One thought on “Pela Serra da Arrábida

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s